LUGARES ALTOS (parte1)

Olá pessoal tudo bem? Como vcs estão? Nossa um semestre se passou... rs 2015 está indo para sua segunda metade e eu gostaria que você refletisse sobre o rumo que o seu ano, e principalmente como você está vivendo. 


Quando a gente é mais novo não tem o hábito de medir as coisas, fazer auto avaliações e até se cobrar, não com tanta profundidade pelo menos rs! Mas quando a gente termina o ensino médio, e  passa dos 20 pelos menos (só um pouquinho meu caso kkkkk sqn) parece que a gente começa a ter uma como uma bomba relógio na cabeça se cobrando em relação ao que temos, somos e conquistamos. Antes de tudo se você é como a maioria das pessoas nessa fase da vida, acredito que esteja certo de se avaliar sim, de analisar sim o rumo que a sua vida está levando. Isso é extremamente importante para que possamos sempre evoluir como pessoa. Porém, eu penso que o erro seja justamente no padrão que usamos para esta "auto análise". 

Nós pensamos mais ou menos  assim: eu tenho "x" idade e todos na minha "x" idade já casaram, tem uma profissão e um carro. Ou por exemplo, quando vemos uma pessoa muito bem sucedida, acima da média mesmo, e nós que podemos estar a baixo da média nos questionamos:  essa pessoa já tem isso tudo , e eu não conquistei o mínimo que as pessoas na média da minha idade conseguiram... ai ai a lista é enorme desse tipo de questionamento. Sei porque já o fiz inúmeras vezes por anos em minha vida, e de vez em quando se não me cuido me pego fazendo rs. 
Querido leitor(a) quero convidar você a usar outro padrão de reflexão, existe um caminho mais alto, existe um medidor que muitas vezes é contrário ao curso normal, do que nós aprendemos com está vida aqui.

Você já parou pra pensar que por mais que você seja o cara(a),  por mais que você conquiste as coisas que você sonha, uma dia quando não estivermos mais aqui, isso não terá nenhuma relevância? Os nossos objetivos pessoais mesmo alcançados com êxito, não terão valor para outros depois de conquistados por nós. E a minha pergunta pra você novamente é : Você realmente deseja viver segundo esse padrão? Ou quer buscar um padrão mais alto, um padrão excelente e por que não perfeito?


Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Salmos 121.01-02

O padrão da Eternidade que é o fim de todos nós, sempre é mais alto e mais exigente que o nosso padrão da Terra. Hoje quando eu avalio a minha vida eu me pergunto: O que estou fazendo com meu tempo? O que eu sonho ou desejo faz diferença só pra mim, ou faz diferença na vida de outras pessoas? O meu estilo de vida agrada a mim, ou corresponde Aquele que me criou? Eu estou subindo de nível aqui na Terra ou estou subindo de nível nos céus?

Eu entendo que seja necessário para nós vivermos de maneira equilibrada, digna e vitoriosa , quando priorizarmos os objetivos de Deus para nós. Você pode escolher a profissão, ministério que quiser, mas tem que ser para Glória do Senhor. Nesse caso é necessário descer quando se submete, mas nos padrões celestiais você vai subir e muito,rs!
Olhar para cima, olhar além , olhar para o céu sempre nos faz  bem porque o nosso lugar é lá! Não sei em que altura ou profundidade está o seu ano , mas eu sei que nem o meu , nem o seu lugar é no baixo.

Deixe dúvidas e sugestões nos comentários, e não deixe de compartilhar esse texto se você foi abençoado!
♥♥Um excelente segundo semestre de 2015♥♥



Postagens mais visitadas deste blog

#REFLEXÃO O PODER DO SILÊNCIO

#REFLEXÃO ASSISTI "A CABANA"